abril 2010



Ong Soame recebe projeto Murialdo

Nesta quarta-feira 28, a ONG Soame 2 recebeu  a visita de educandos do projeto “Murialdo” de Londrina que pintaram junto com as crianças um lindo mural. A pintura foi embalada pelo som do berimbal na tradicional roda de capoeira da Soame.

A visita é a primeira de muitas que acontecerão, a idéia é grafitar todos os muros e paredes da Soame que ficarão muito coloridos.

O Murialdo é um órgãos executores de Londrina  das medidas socioeducativas de meio aberto, Prestação de Serviço à Comunidade e Liberdade Assistida, previstas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) nos artigos 112, 117. e 118.

São atendidos pelo Murialdo, adolescentes entre 12 e 18 anos (excepcionalmente até os 21 anos) que já foram sentenciados e que receberam as medidas citadas acima.

O termo Medida socioeducativa é o nome estabelecido no ECA para a sanção que um adolescente recebe no caso de cometer algum ato infracional. Esta lei estabelece seis medidas possíveis de serem aplicadas aos adolescentes, são elas:
1.    Advertência;
2.    Obrigação de Reparar o dano;

3.    Prestação de Serviços à Comunidade;

4.    Liberdade Assistida;

5.    Semiberdade;
6.    Internação.

A execução das medidas de advertência e obrigação de reparar o dano fica a cargo do Juizado da Vara da Infância e Juventude, pois elas não dependem de um programa específico, o próprio juiz ao optar por aplicá-las já as executa. As medidas de Prestação de Serviço à Comunidade e Liberdade Assistida são de responsabilidade do município que em Londrina acontecem em parceria com a Epesmel, e a Semiliberdade e a Internação são de responsabilidade do Estado.
Para que este serviço aconteça a Epesmel mantêm convênios com a Secretaria Municipal de Assistência Social e com o Governo do Estado, através do Programa Liberdade-Cidadã, antigo FIA.

Atualmente o Programa conta com uma equipe técnica formada por: 01 Coordenador; 04 Assistentes Sociais; 02 Psicólogas; 03 Estagiários de Serviço Social; 30 Agentes Comunitários; 03 Oficineiros; 01 Auxiliar Administrativo; 01 Auxiliar de Serviços Gerais; 01 Educador.

Todo o trabalho é desenvolvido tendo como foco o adolescente e sua família, na perspectiva do protagonismo juvenil. Os principais objetivos do Murialdo são:
Ø  Criar condições para estagnar o comprometimento do adolescente com a prática de ato infracional, através de uma ação socioeducativa, efetivada pelo acompanhamento, orientação e auxílio realizados pela equipe técnica e por agente comunitário;

Ø  Garantir sua permanência, retorno ou acesso à escola e freqüência a cursos de formação profissional e preparação para o trabalho;

Ø  Comprometer a família e a comunidade no processo educacional do adolescente;
Ø  Auxiliar o adolescente na busca dos instrumentos indispensáveis ao pleno exercício da cidadania;

Ø  Despertar a necessidade de respeito às normas sociais vigentes;

Ø  Favorecer ao adolescente a participação e reflexão sobre aspectos pertinentes ao período da adolescência como: identidade, integração, sexualidade, cidadania, projeto de vida, entre outros temas;

Ø  Auxiliar o adolescente a se reconhecer enquanto agente de sua própria história, sujeito de direitos e de deveres;

Ø  Oportunizar aos adolescentes a inclusão em cursos semi e profissionalizantes.

Para alcançar os objetivos descritos acima o Projeto conta com ações com o adolescente:
Triagem inicial para avaliação social e agendamento da interpretação de medida;
Grupos de Liberdade Assistida divididos em: 1ª passagem; Reflexivo e Grupo por Região;

Grupos de Prestação de Serviço à Comunidade que atualmente trabalha com as vertentes do Hip Hop.

Na PSC os grupos são divididos a partir da triagem com os adolescentes, que podem optar por qual vertente do Hip Hop que tiver afinidade;

Atendimento Psicológico;

Elaboração do Plano Personalizado de Atendimento;

Visitas domiciliares;

Encaminhamento para a rede de serviço do município a partir das necessidades apresentadas pelo adolescente;

Acompanhamento de forma descentralizada.

ações específicas com as famílias, sendo elas:

Interpretação de medida; Grupos de Pais;

Atendimento Psicológico; Visitas domiciliares;

Encaminhamento para rede de serviço do município, conforme a necessidade da família;

Atendimento descentralizado através dos agentes comunitários;
Grupos de família descentralizado em parceria com os demais serviços de média complexidade do município que atendem famílias em comum;
Geração de renda.

Dentre este ról de ações não podemos deixar de destacar duas muito significativas: o trabalho desenvolvido pelos 30 agentes comunitários e a Geração de Renda.

Os agentes comunitários são pessoas voluntárias recrutadas e capacitadas pela equipe técnica, que acompanham dois adolescentes cada um realizando uma visita semanal na casa dos adolescentes acompanhados. Este trabalho trás muito resultado para o adolescente e sua família, pois o aproxima mais do projeto e auxilia no rompimento com a prática de atos infracionais.
A Geração de Renda é um grupo formado por mães e/ou responsáveis dos adolescentes atendidos, é direcionado por uma técnica e conta com o auxilio de uma oficineira que capacita estas mães para o desenvolvimento de trabalhos manuais com biscuit e materiais em mdf.

Este Grupo além de visar a geração de renda, possibilita as participantes um momento de trocas de experiências, atividades ocupacionais para o desenvolvimento de novas habilidades que possibilitem a melhoria da auto-estima e/ou geração de renda.

FONTE:http://www.epesmel.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=20&Itemid=43&lang=pt


Abrigo no Brasil

Entrevistas com imigrantes alemãs

A professora de história Solange Pretti que trabalha no museu municipal entrevistou nesta terça-feira, 27 a pioneira Inge Rosenthal. Dona Inge recebeu com muita hospitalidade a equipe da Secretaria de Cultura em sua residência.

A visita faz parte de uma série de entrevistas encomendada pela Secretária de Cultura e turismo Maria Luiza Muller com pessoas que deram depoimentos à escritora Gudrum Fischer em seu livro “Abrigo no Brasil”.

No museu municipal pode-se encontrar fotos e transcrições das entrevistas. Esta iniciativa visa preservar a história dos imigrantes alemães que encontraram em Rolândia um abrigo seguro, longe da perseguição nazista.

(mais…)


Turismo

Nos dias 9 e 10 de Abril aconteceu a VI Mostra das Regiões Turísticas do Paraná em Curitiba. O  evento reuniu centenas de expositores Nacionais e Internacionais.

Rolândia esteve presente, na foto da esquerda para a direita Nair Tartari presidente da (ADETUNORP) Agência de Desenvolvimento turístico do norte do Paraná, Angelita Ferreira Diretora de Cultura e Turismo de Rolândia e Iraci Aparecida Secretária da ADETUNORP e conselheira de Turismo de Rolândia.


Espetáculo Bonanza lota o nanuk

Quem deixou de ir assistir Bonanza na último dia 16 no Nanuk perdeu uma noite de muitas gargalhadas. O monólogo patrocinado pelo Sesc Paraná e apresentado pelo jovem ator Rodrigo Cassiano fez toda a platéia rir pelas orelhas. O espetáculo mostrou a infeliz aventura de um pistoleiro que é preso após roubar um banco em uma cidade do Texas. Sua fuga se torna uma surpreendente aventura cheia de confusões.

Se você não viu, calma, que você ainda ter muitas oportunidades para se divertir com a cultura de Rolandia.

Oficina

No sábado 17, 15 novos atores de Rolândia puderam vivenciar a experiência da linguagem teatral estudada por Rodrigo. Durante oito horas tiveram aula de técnicas criativas de palhaço, o que certamente acrescentará em suas trajetórias profissionais,


“TALENTOS” de Rolândia- Bruno e Tiago

A Secretária de Cultura e Turismo de Rolândia Maria Luiza Muller recebeu na manhã desta segunda-feira 19, em seu gabinete a visita dos jovens cantores de sertanejo universitário BRUNO E TIAGO.

Acompanhados do baterista Fernando, (foto) eles vieram à Secretaria para pedir ajuda na realização de um show de lançamento da dupla, um grande sonho dos meninos que cantam desde criança.

Com músicas de autoria própria os rapazes demonstram grande talento ao cantar o trecho de uma de suas composições para a secretária Maria Luiza que ficou encantada com o dom dos garotos.

Quanto ao sonho de realizar um show, Maria Luiza indagou se eles haviam lido o livro “Nunca desista de seus sonhos” e completou dizendo que iria especular a possibilidade da Secretaria viabilizar a realização do evento, que a princípio ocorreria no mês dos namorados já que o ritmo que eles cantam embala os corações apaixonados.


CORTEJO BAQUICO NA PRAÇA EM ROLÂNDIA

Diferente, estranho, curioso. Os comentários que se pode ouvir dos espectadores presentes na Praça Castelo Branco no ultimo sábado (10) sobre a peça “Cortejo Báquico” revelam o quanto o público rolandense não tinha contato com este tipo de espetáculo. Para quem nunca viu pode parecer estranho, mas mesmo assim é admirável por ser exatamente algo novo em suas vidas culturais. Para quem já conhece este mundo dramatúrgico, um excelente programa.

O fato é que pessoas de todas as idades e classes sociais pararam um pouquinho para ver o que faziam aquelas pessoas “estranhas” no meio da praça. Quem sabia do evento estava lá na hora marcada, e aqueles que foram pegos de surpresa passseando ou trabalhando se aproximaram ou mesmo de longe acompanharam atentos à encenação.

Sem entender direito o que diziam os atores o público acompanhou literalmente o cortejo que começou em um canto da praça seguiu para o espaço aberto perto da fonte- onde o texto proferido casava exatamente com o cenário “… o sol ainda está alto…”-e terminou sob a sombra da frondosa Seringueira.

Todos aplaudiram, mesmo aqueles que não entenderam nada, aplaudiram emocionados. Afinal, “arte não precisa entender, apenas sentir”.

Arte na praça, na rua no meio do povo. Uma forma de levar um universo desconhecido a quem nunca teve oportunidade. Mais um pioneirismo da Secretaria de Cultura e Turismo de Rolândia.


Biblioteca recebe livros infantis

Frutos da parceria entre Secretaria de Cultura e a Distribuidora Almeida, representada pelo senhor Vinicius Marcelino, a Biblioteca Ruy Barbosa recebeu hoje vários exemplares de livros infantis e adultos.

A feira anual do livro, além de proporcionar uma oportunidade para a população de Rolândia adquirir livros por um preço acessível, contribui para o crescimento do acervo da Ruy Barbosa.

Segundo Tânia Maria, Diretora da Biblioteca, o público infantil compreende grande parte dos leitores rolandenses e sempre estão em busca de novidades, portanto vão adorar os novos livros.

Tânia aproveita para convidar as pessoas a visitarem a Biblioteca que atende se segunda à sexta das 7:30 às 21:00h.

Próxima Página »