“TALENTOS” de Rolândia- Bruno e Tiago

A Secretária de Cultura e Turismo de Rolândia Maria Luiza Muller recebeu na manhã desta segunda-feira 19, em seu gabinete a visita dos jovens cantores de sertanejo universitário BRUNO E TIAGO.

Acompanhados do baterista Fernando, (foto) eles vieram à Secretaria para pedir ajuda na realização de um show de lançamento da dupla, um grande sonho dos meninos que cantam desde criança.

Com músicas de autoria própria os rapazes demonstram grande talento ao cantar o trecho de uma de suas composições para a secretária Maria Luiza que ficou encantada com o dom dos garotos.

Quanto ao sonho de realizar um show, Maria Luiza indagou se eles haviam lido o livro “Nunca desista de seus sonhos” e completou dizendo que iria especular a possibilidade da Secretaria viabilizar a realização do evento, que a princípio ocorreria no mês dos namorados já que o ritmo que eles cantam embala os corações apaixonados.

Anúncios

CORTEJO BAQUICO NA PRAÇA EM ROLÂNDIA

Diferente, estranho, curioso. Os comentários que se pode ouvir dos espectadores presentes na Praça Castelo Branco no ultimo sábado (10) sobre a peça “Cortejo Báquico” revelam o quanto o público rolandense não tinha contato com este tipo de espetáculo. Para quem nunca viu pode parecer estranho, mas mesmo assim é admirável por ser exatamente algo novo em suas vidas culturais. Para quem já conhece este mundo dramatúrgico, um excelente programa.

O fato é que pessoas de todas as idades e classes sociais pararam um pouquinho para ver o que faziam aquelas pessoas “estranhas” no meio da praça. Quem sabia do evento estava lá na hora marcada, e aqueles que foram pegos de surpresa passseando ou trabalhando se aproximaram ou mesmo de longe acompanharam atentos à encenação.

Sem entender direito o que diziam os atores o público acompanhou literalmente o cortejo que começou em um canto da praça seguiu para o espaço aberto perto da fonte- onde o texto proferido casava exatamente com o cenário “… o sol ainda está alto…”-e terminou sob a sombra da frondosa Seringueira.

Todos aplaudiram, mesmo aqueles que não entenderam nada, aplaudiram emocionados. Afinal, “arte não precisa entender, apenas sentir”.

Arte na praça, na rua no meio do povo. Uma forma de levar um universo desconhecido a quem nunca teve oportunidade. Mais um pioneirismo da Secretaria de Cultura e Turismo de Rolândia.


Grande estréia

O grupo de teatro (adulto) Cia Municipal de Teatro de Rolândia pisa ao palco pela primeira vez hoje no Teatro Nanuk com a peça (Pra Ninguém).

O elenco é todo formado por moradores de Rolândia que, desde maio deste ano  participam do curso de teatro oferecido gratuitamente pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e ministrado pelo conceituado Professor Júnior Romanini.

Segundo Romanini, a peça surgiu através de exercícios de improviso e não seguiu nenhum estímulo textual. “Este trabalho é resultado do esforço e da crença desses atores que, pela primeira vez sobem no palco”. Disse.

Serão duas apresentações neste final de semana 12 (sábado) e13 (domingo).

Na semana que vem é a vez do grupo infantil com o espetáculo “ Onde está o Espião”, nos dias 19 e 20.

Todas as apresentações serão no Teatro Nanuk às 20:00h com entrada Franca.

Sinopse: E um dia não apareceu ninguém. Nem se fizessem todos os esforços de que eram capazes ou que suas barrigas vazias os deixassem, não apareceria ninguém. E então, pra quem? Pra ninguém? Pelo tamanho de seus dotes artísticos, pra ninguém estava de bom tamanho. Afinal, artista que é artista sabe fazer, no mínimo, o número das três laranjas ou então um truque de cartas. E eles, nada! Caloteiros, charlatões, mentirosos? Ou famintos, solitários e sobreviventes?

Direção:Junior Romanini

Elenco: Antonio Marcos Ferreira, Marivalda Cardoso, Elisabeth Pizzaia da Silva, Ranilde Maria Alexandria, Fábio Rodrigues Amorim, Mays Alessandra Masson, Mirian Andrioli.


I Encontro de Canto Coral de Rolândia

No ultimo dia 24 de outubro, a Secretaria de Cultura e Turismo juntamente com a Igreja Lutherana promoveram o I encontro de Canto Coral de Rolândia. A noite foi abrilhantada com apresentações e nove coros, com participação das cidades de Londrina, Cambé e Apucarana.

Como sempre o Teatro Nanuk ficou pequeno e a casa lotou. O Prefeito Johnny Lehmann se fez presente acompanhado da Primeira Dama do município Cristina Lehmann e teceu elogios ao trabalho que a Secretária de Cultura Maria Luiza vem desenvolvendo. Jhonny que sempre prestigia os eventos da cultura, falou com grande entusiasmo do nível cultural ao qual Rolândia está ascendendo.

Segundo o Pastor Diego da Igreja Lutherana, o encontro é uma oportunidade de integração e descoberta que deve ser anual. Disse ainda que ficou surpreso com o grande nível dos coralistas e regentes.


Orquestra de Câmara Solistas de Londrina inicia a circulação de dez concertos nas cidades paranaenses 

ROLÂNDIA  – 29 de outubro , às  20.00hs, no Centro Cultural Nanuk

ENTRADA FRANCA

orquestraPremiada no Concurso de Apoio à Circulação de Espetáculos de Música promovido pela Secretaria de Estado da Cultura/ Coordenadoria de Ação Cultural a Orquestra de Câmara Solistas de Londrina vai levar a música de compositores paranaenses  a dez cidades do Estado do Paraná.

Dez cidades no Paraná serão palco de um encontro muito especial. A Orquestra de Câmara Solistas de Londrina teve um projeto selecionado no Concurso de Apoio à Circulação de Espetáculos de Música 2009 promovido pela Secretaria de Estado da Cultura/ Coordenadoria de Ação Cultural. O resultado foi divulgado recentemente e o projeto é o único escolhido na área de música erudita. Com isto, o espetáculo “Um encontro de compositores paranaenses”, que reúne somente obras dos compositores do Paraná, será apresentado em dez cidades do Paraná, cumprindo um circuito que pretende levar arte a todo o Estado. A origem do espetáculo veio de um trabalho realizado no mês de junho deste ano e apresentado na Capela Santa Maria em Curitiba  com muito sucesso. A iniciativa, além de divulgar o trabalho musical, estimula a formação de novos públicos.

        O circuito inclui as cidades de Cornélio Procópio, Cambé, Astorga, Ribeirão do Pinhal, Guaíra, Umuarama, Apucarana, Rolândia,Jacarezinho e Leópolis. Os concertos serão apresentados em teatros, auditórios e igrejas até dezembro deste ano.

No programa , obras de compositores paranaenses: Bento Mossurunga, Brasílio Itiberê, Henrique de Curitiba e Rogério Krieger. 

O circuito cultural segue em outubro e a Orquestra de Câmara Solistas de Londrina se apresenta na cidade de Rolândia , no dia 29 de outubro, ás 20.00horas,  no Centro Cultural Nanuk.

Todas as apresentações tem  ENTRADA FRANCA. 

“O prêmio vem como um novo estímulo para orquestra, e confirma o reconhecimento pelo trabalho do grupo no Estado, além da valorização da produção londrinense.”, afirma o spalla e Diretor artístico do grupo Evgueni Ratchev. Em 2007 a orquestra recebeu o Prêmio do Estado pelo espetáculo “A Música dos Séculos”.

Repertório paranaense

 

Para estes concertos a Orquestra tocará  um programa com ambientações diferentes. Na primeira parte,  a musica paranaense, através de compositores de períodos distintos: Brasílio Itiberê (século XIX), Bento Mossurunga (século XX até a década de 60) e Henrique de Curitiba, na segunda parte do século XX. Brasílio Itiberê foi um dos principais precursores da musica nacionalista, amigo de Liszt, Rubinstein e Giovani Sgambati.Compôs obras que, além do domínio da estética acadêmica que vigorava na época, continham elementos inspirados na nossa cultura, o que as tornavam atraentes e, de certa forma exóticas, ao gosto do público. Com Bento Mossurunga, temos um grande nome da musica paranaense, violinista, professor, fundador  da Escola de Musica e Belas Artes do Paraná e da Orquestra Estudantil de Concertos. Já Henrique Morozowicz é , sem sombra de dúvida, o maior nome da música paranaense. Respeitado internacionalmente, contém uma coleção admirável de musica vocal,  a sua grande especialidade, além de musica de câmara e musica sinfônica.A segunda parte do programa é composta integralmente por obras de Rogério Krieger.  “Capoeira e fandango” teve como inspiração  o fandango paranaense e a capoeira,  através do qual, os instrumentos de cordas imitam os timbres e os ritmos característicos dessas manifestações folclóricas nacionais “Segundo ponteio”, obra para cordas escrita em 2005, é inspirada no ponteio de viola do extremo sul do Brasil.

A Solistas de Londrina tem como característica a divulgação da música brasileira. Mostrar um repertório integralmente com obras paranaenses veio de encontro a esta filosofia da Orquestra. A inclusão de compositores brasileiros no repertório é uma das características marcantes da Orquestra de Câmara Solistas de Londrina que se destaca no cenário nacional, tendo recebido prêmios importantes. O espetáculo “Um encontro de compositores paranaenses” que está em circulação logo entrará uma nova fase – a preparação da gravação das obras em CD.

Formada por treze instrumentistas, a orquestra tem se dedicado a projetos que têm como objetivo divulgar a música erudita para diferentes públicos. As apresentações incluem informações sobre o repertório, os compositores e os diversos estilos musicais.  

Paralelamente às apresentações que serão realizadas pelo Paraná, a orquestra vai realizar em Londrina os concertos da Temporada 2009, patrocinada pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura – PROMIC – e que conta com eventos para as festividades de Natal. 

Também em dezembro, dentro das comemorações dos 75 anos de Aniversário de Londrina com o patrocínio da Promic a Orquestra de Câmara vai lançar o mais novo Cd com obras de Guerra-Peixe, Retratos  brasileiros, que já está em fase de finalização. 

Em mais de 10 anos de existência, a orquestra tem trabalhado para realizar seus principais objetivos: executar música de qualidade, valorizando os instrumentistas, e ao mesmo tempo participa de um movimento que descentraliza o acesso à cultura, antes restrito praticamente aos grandes centros, para formar novos públicos. 

Serviço: “Um encontro de compositores paranaenses” – Concertos da Orquestra de Câmara “Solistas de Londrina”

ROLÂNDIA  – 29 de outubro , ás  20.00hs, no Centro Cultural Nanuk

ENTRADA FRANCA

 


Compromisso com a verdade

A Secretária

Maria Luiza Muller

A secretaria de cultura ocupa todo o espaço desta coluna para retomar as atividades culturais na vida do município. Assim convidamos todos e todas para eventos que certamente serão do agrado de vocês, são eles:


Dia 11/09 (sexta-feira) Workshop

WorkshopA Secretaria de Cultura em parceria com as secretarias de Assistência Social, Saúde e da Mulher, convidam homens e mulheres para o workshop com o educador musical Marcelo Caíres, autor do livro “Educação Musical na Maturidade”, que coordena oficinas de musicalização para idosos na região. A atividade será realizada no Centro Cultural Nanuk às 14:30hs com entrada gratuita.


Dia 15/09 (terça-feira) Uma Professora Muito Maluquinha

compromisso_Uma_professora_muito_maluquinha_02

Uma professora que sabe amar, chorar e rir, que muda as regras da escola e j

amais esquece d

e ir em busca de sua felicidade. Viver: é isto que ela sabe e é isto que ensina a seus alunos.

Narrativa ágil, alegre e graciosa, que revela a poesia, fantasia e a nostalgia da escola. Assim é a protagonista de

UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA”, peça que estará em cartaz neste dia 15 de setembro no teatro Nanuk às 20:00hs.

Não percam é dia 15 de setembro no teatro Nanuk às 20:00hs.

Ingressos antecipados à R$ 6,00 na loja QUERO MAIS BRINQUEDOS Rua interventor Manoel Riba s 917.

Na hora, a entrada será

de R$ 12,00.

Dia 17/09 (quinta-feira) Big Festival da Criança

compromisso_big_festival_da_criançaEspetáculo infantil circense com mágicos e palhaços super engraçados e distribuição de brindes.

Criança gosta de brincar. E brincando é que se aprende! Este espetáculo leva a cultura e alegria do circo para o público in fantil.

Mais informações na Secretaria de Cultura e Turismo. Fone: 3906-1086 E-mail: cultura@rolandia.pr.gov.br

Maria Luiza Muller