setembro 2010



Rolândia também é campeã na dança

Ballet Roland  traz 6 troféus para Rolândia

O  grupo Ballet Roland liderado pela professora de dança Rossana Guariente com apoio da Prefeitura de Rolândia, participou no último final de semana 11 e 12 de Setembro, na cidade de Toledo, no II FESTOLEDO (Prêmio Paraná em Danças 2010).

Neste festival muito competitivo e de alto nível. O grupo foi em busca de vagas para o Festival de Santos do ano que vem, do qual tem participado já há 3 anos.

Para Toledo foram levadas 7 coreografias: O Sapateado Conjunto , que ficou em 1º lugar na Categoria, um Solo de Sapateado infantil com a aluna Gabriela Airi Nassu Cianca, que conquistou o 1º lugar; um Duo de Sapateado amador com Ana Carolina Bardaçon e Lucas Codognoto que ficou em 2º lugar um Solo de Repertório clássico com Ana Carolina Bardaçon que ficou em 2º lugar; um solo Clássico infantil com Gabriela Airi Nassu que ficou em 3º lugar; um solo Clássico junior com Ana Carolina Bardaçon que ficou em 3º lugar, e um Conjunto Clássico com 11 bailarinas e um Bailarino que ficou em 4º lugar.

Rossana fala com muito orgulho sobre as conquistas em Toledo: “O Resultado para nós foi muito bom, pois concorremos com 15 grupos de muito bom nível num total de 80 coreografias, e nossos alunos fizeram muito bonito, viemos com 6 troféus, coisa que nunca  havíamos ainda conseguido”.

Segundo ela o grupo Ballet Roland de Rolândia é muito respeitado inclusive fora do Estado: “Nossa cidade tem hoje um grupo muito respeitado fora até do estado, pois já fomos convidados para participar da “GALA MELHORES DO ANO” que acontecerá na cidade de Barra Bonita no final do ano.  Para irmos, só nos falta agora um patrocínio  que nos ajude com os custos. Mas vamos batalhar para representar Rolândia neste evento. Disse.


“O PEQUENO PRÍNCIPE”

Dia 16 quinta-feira no Teatro Nanuk  em Rolândia

O Pequeno Príncipe é uma obra literária mundialmente reconhecida, traduzida para oitenta idiomas, cativando os mais distintos povos de todos os cantos do planeta.

A história mágica que narra o encontro do Pequeno Príncipe vindo de um lugar distante, com um aviador perdido no deserto. Juntos, eles compartilham experiências que divertem, encantam e tocam o coração.

Os sábios questionamentos de um pequeno menino, buscando um pouco mais de sentido para a nossa existência fará o espectador, adulto ou criança, deparar-se com a meninice, fazendo a imaginação fluir no tempo, sentir o perfume de uma estrela, dialogar com uma raposa, ouvir a voz de uma flor, ver o brilho de uma fonte, escutar o barulho das folhas batidas pelo vento, visitar um rei distante, observar a maliciosa dança de uma serpente.

Nestes encontros e desencontros desenha-se a história vivida pelo Pequeno Príncipe, pequeno em seu tamanho, contudo grande em suas virtudes, e, sem dúvida, ao seu lado, o universo, ou melhor, a vida, torna-se um lugar encantador. Em O Pequeno Príncipe, editado pela primeira vez em 1945,

Saint-Exupéry mergulha no subconsciente, achando um meio de resgatar a criança que existe em cada um de nós, devolvendo o mistério da infância, que traz de volta os sonhos e as recordações já imperceptíveis na correria do dia a dia da idade adulta.

A direção artística do espetáculo é de Wanderlei dos Anjos, experiente ator e diretor teatral que agrega em seu curriculum obras como: João e Maria, Pluft – O Fantasmina, O Menino Maluquinho e Uma Professora Muito Maluquinha. Cenografia e adereços ficaram a cargo dos artistas plásticos: Dody Sanman, Wellington de Mello e Nelson Josefi. E mais uma vez a assinatura de Trilha Sonora original criada pelo professor e historiador Alexandre Fíuza e o Maestro Ricardo Denchuski.

O elenco é encabeçado por Nicolas Gaudino (Pequeno Príncipe), Miriane Scussiatto (Acendedor e Raposa), André Luczynski Silva (Rei,Geografo e Homem de Negócios) e Mayara Scussiatto (Rosa e Serpente). A produção é da ASSOCIAÇÃO CENTRO DE PESQUISA TEATRAL (ACPT).

SERVIÇO:

CIDADE: ROLÂNDIA

ONDE: CENTRO CULTURAL NANUK

QUANDO: 16 DE SETEMBRO – 20 HORAS

QUANTO: R$ 7.00 (ANTECIPADO OU NA HORA COM BÔNUS)

ONDE COMPRAR: NO LOCAL (43) 3906-1085/3906-1086

MAIS INFORMAÇÕES: 45 – 9961-2700 OU WWW.acpt.com.br


RISO NA PRAÇA

A 1ª Mostra de Humor de Rolândia promovida pela Secretaria de cultura e Turismo de
Rolândia que teve início na última quinta-feira termina hoje.

Ontem o riso tomou conta da Praça Castelo Branco com o espetáculo, “Qual a graça de
Laurinda (foto).

O espetáculo, criado para todas as idades, apresentação em espaço público e sem o
uso de diálogos, conta a história de dois palhaços que se apaixonam por uma palhaça famosa, “Laurinda Graça”. Os dois encontram a foto de Laurinda em um jornal, e com forte inspiração nos desenhos animados, fazem de tudo para ficar com ela.


“Paraná Caminhos da História e da Arte”.

Em um evento belíssimo na última quarta-feira (18), o Museu Municipal, a cidade de Rolândia será a sede da exposição “Paraná Caminhos da História e da Arte”. O projeto, que é uma parceria entre a secretaria de Estado da Cultura e Junta Comercial do Paraná, fica em Rolândia até o dia 10 de setembro. São 28 obras de artistas paranaenses e mais 100 peças históricas do estado. A obra mais antiga é um quadro denominado Queima de Marte, de 1902, pintado por Alfredo Andersen, norueguês que esteve no Paraná no final do século 19. Com as presenças ilustres da secretaria de Cultura do Paraná Vera Mussi Augusto, do Presidente da Junta Comercial do Estado Julio Maito e ainda do prefeito de Rolândia , sua vice Sabine Giesen e a secretária de Cultura e Turismo de Rolândia Maria Luiza Muller, o evento traz achados arqueológicos e resultados de estudos que revelam como viviam os primeiros habitantes, antes da vinda dos europeus para a América. A secretaria Vera Mussi, que foi homenageada na ocasião pelas colônias alemã, italiana, árabe e portuguesa, se mostrou entusiasmada com a exposição em Rolândia. “É muito bom estar no interior do estado do Paraná. Fui muito bem recebida pela cidade e espero que a exposição proporcione momentos de verdadeira magia aos moradores”, afirmou a secretária. O prefeito convidou a todos de Rolândia e região para prestigiarem a exposição. “É com muito orgulho que Rolândia recebe esta tão importante mostra de arte. Tenho certeza que os rolandenses apreciarão muito as obras expostas no Museu Municipal”, declarou o prefeito. Apresentações musicais ao vivo das cantoras Karina Branco de Rolândia e Alexandra Durello Banache de Londrina e do coral Roland Singt abrilhantaram o evento. O projeto “Paraná – caminhos da história e da arte” é uma exposição de cunho didático, que busca divulgar, promover e valorizar o patrimônio histórico e cultural do Paraná, proporcionando ao público conhecer sua história, suas raízes e cultura. PRESENÇAS -Também estiveram presentes ao evento a coordenadora da região Metropolitana de Londrina Elza Correia, o deputado estadual Waldyr Pugliesi, o Coronel Rubens Guimarães, o presidente da ACIR João Roberto Mungo, a diretora Geral da Secretaria de Cultura do Estado Sonia Amamoto Shigueoka, Roseli Bassler diretora do Museu Alfredo Andersen e coordenadora do projeto, o presidente de partido local Waldemar Moraes e o relator da Junta de Rolândia José Luiz Anselmo. SERVIÇO –O Museu municipal de Rolândia está aberto de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, na Rua Duque de Caxias, 444. Mais informações e agendamento de visitas pelo telefone (43) 3255 5516.

Fonte:  http://www.rolandia.pr.gov.br