outubro 2009



Orquestra de Câmara Solistas de Londrina inicia a circulação de dez concertos nas cidades paranaenses 

ROLÂNDIA  – 29 de outubro , às  20.00hs, no Centro Cultural Nanuk

ENTRADA FRANCA

orquestraPremiada no Concurso de Apoio à Circulação de Espetáculos de Música promovido pela Secretaria de Estado da Cultura/ Coordenadoria de Ação Cultural a Orquestra de Câmara Solistas de Londrina vai levar a música de compositores paranaenses  a dez cidades do Estado do Paraná.

Dez cidades no Paraná serão palco de um encontro muito especial. A Orquestra de Câmara Solistas de Londrina teve um projeto selecionado no Concurso de Apoio à Circulação de Espetáculos de Música 2009 promovido pela Secretaria de Estado da Cultura/ Coordenadoria de Ação Cultural. O resultado foi divulgado recentemente e o projeto é o único escolhido na área de música erudita. Com isto, o espetáculo “Um encontro de compositores paranaenses”, que reúne somente obras dos compositores do Paraná, será apresentado em dez cidades do Paraná, cumprindo um circuito que pretende levar arte a todo o Estado. A origem do espetáculo veio de um trabalho realizado no mês de junho deste ano e apresentado na Capela Santa Maria em Curitiba  com muito sucesso. A iniciativa, além de divulgar o trabalho musical, estimula a formação de novos públicos.

        O circuito inclui as cidades de Cornélio Procópio, Cambé, Astorga, Ribeirão do Pinhal, Guaíra, Umuarama, Apucarana, Rolândia,Jacarezinho e Leópolis. Os concertos serão apresentados em teatros, auditórios e igrejas até dezembro deste ano.

No programa , obras de compositores paranaenses: Bento Mossurunga, Brasílio Itiberê, Henrique de Curitiba e Rogério Krieger. 

O circuito cultural segue em outubro e a Orquestra de Câmara Solistas de Londrina se apresenta na cidade de Rolândia , no dia 29 de outubro, ás 20.00horas,  no Centro Cultural Nanuk.

Todas as apresentações tem  ENTRADA FRANCA. 

“O prêmio vem como um novo estímulo para orquestra, e confirma o reconhecimento pelo trabalho do grupo no Estado, além da valorização da produção londrinense.”, afirma o spalla e Diretor artístico do grupo Evgueni Ratchev. Em 2007 a orquestra recebeu o Prêmio do Estado pelo espetáculo “A Música dos Séculos”.

Repertório paranaense

 

Para estes concertos a Orquestra tocará  um programa com ambientações diferentes. Na primeira parte,  a musica paranaense, através de compositores de períodos distintos: Brasílio Itiberê (século XIX), Bento Mossurunga (século XX até a década de 60) e Henrique de Curitiba, na segunda parte do século XX. Brasílio Itiberê foi um dos principais precursores da musica nacionalista, amigo de Liszt, Rubinstein e Giovani Sgambati.Compôs obras que, além do domínio da estética acadêmica que vigorava na época, continham elementos inspirados na nossa cultura, o que as tornavam atraentes e, de certa forma exóticas, ao gosto do público. Com Bento Mossurunga, temos um grande nome da musica paranaense, violinista, professor, fundador  da Escola de Musica e Belas Artes do Paraná e da Orquestra Estudantil de Concertos. Já Henrique Morozowicz é , sem sombra de dúvida, o maior nome da música paranaense. Respeitado internacionalmente, contém uma coleção admirável de musica vocal,  a sua grande especialidade, além de musica de câmara e musica sinfônica.A segunda parte do programa é composta integralmente por obras de Rogério Krieger.  “Capoeira e fandango” teve como inspiração  o fandango paranaense e a capoeira,  através do qual, os instrumentos de cordas imitam os timbres e os ritmos característicos dessas manifestações folclóricas nacionais “Segundo ponteio”, obra para cordas escrita em 2005, é inspirada no ponteio de viola do extremo sul do Brasil.

A Solistas de Londrina tem como característica a divulgação da música brasileira. Mostrar um repertório integralmente com obras paranaenses veio de encontro a esta filosofia da Orquestra. A inclusão de compositores brasileiros no repertório é uma das características marcantes da Orquestra de Câmara Solistas de Londrina que se destaca no cenário nacional, tendo recebido prêmios importantes. O espetáculo “Um encontro de compositores paranaenses” que está em circulação logo entrará uma nova fase – a preparação da gravação das obras em CD.

Formada por treze instrumentistas, a orquestra tem se dedicado a projetos que têm como objetivo divulgar a música erudita para diferentes públicos. As apresentações incluem informações sobre o repertório, os compositores e os diversos estilos musicais.  

Paralelamente às apresentações que serão realizadas pelo Paraná, a orquestra vai realizar em Londrina os concertos da Temporada 2009, patrocinada pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura – PROMIC – e que conta com eventos para as festividades de Natal. 

Também em dezembro, dentro das comemorações dos 75 anos de Aniversário de Londrina com o patrocínio da Promic a Orquestra de Câmara vai lançar o mais novo Cd com obras de Guerra-Peixe, Retratos  brasileiros, que já está em fase de finalização. 

Em mais de 10 anos de existência, a orquestra tem trabalhado para realizar seus principais objetivos: executar música de qualidade, valorizando os instrumentistas, e ao mesmo tempo participa de um movimento que descentraliza o acesso à cultura, antes restrito praticamente aos grandes centros, para formar novos públicos. 

Serviço: “Um encontro de compositores paranaenses” – Concertos da Orquestra de Câmara “Solistas de Londrina”

ROLÂNDIA  – 29 de outubro , ás  20.00hs, no Centro Cultural Nanuk

ENTRADA FRANCA

 

Anúncios

Desfile Oktoberfest 2009

Rainha e Prencesas da 22ª Oktoberfest de rolândia Foto: Ivan Nilton
Rainha e Princesas da 22ª Oktoberfest de rolândia Foto: Ivan Nilton

O desfile da Oktoberfest 2009 superou todas as expectativas, tanto em qualidade quanto em Público. Os rolandenses foram em massa para a avenida Interventor Manuel Ribas prestigiar um desfile jamais visto anteriormente.

Organizado pelas Secretarias de Cultura/Turismo e Educação com o apoio da Secretaria de Infra-estrutura, o desfile cumpriu aquilo que era anseio da população e ordem do Prefeito Johnny Lehmann “resgatar a tradição”.

Aliás, este é o diferencial que caracteriza a Oktoberfest deste ano. O resgate da tradição, valorizando a cultura alemã e propiciando às pessoas uma festa para a família.

Seguindo esta premissa, a Secretária de Cultura Maria Luiza Müller instituiu que os participantes deveriam trazer para a avenida carros decorados com temas alusivos à terra de nossos pioneiros. E foi o que eles fizeram.

Da cultura com a Frühling tanzen (dança da primavera), à indústria com o Wolks Wagen (carro do povo), das paisagens com Der Garten (os jardins) à literatura com Brüder Grimm (Irmãos Grim)*, os participantes deram um show de criatividade e organização.

Carro Fundição Müller " O Moinho" Foto:Ivan Nilton

Carro Fundição Müller " O Moinho" Foto:Ivan Nilton

foto publico
Público Foto: Ivan Nilton
Carrro irmãos Grim Escola Parigot Foto; Ivan Nilton
Carrro irmãos Grim Escola Parigot Foto: Ivan Nilton

*Autores de estórias infantis muito conhecidas no Brasil como João e Maria



A festa continua

008Oktoberfest, com sua atmosfera alegre regada pelo entusiasmo das pessoas que como nós, esperávamos outubro para deixar fluir a  curtição da  maior festa de Rolândia. Criticas destrutivas , desânimo, são substituídos por alegria,muito chopp. Ainda em cena , as tradicionais bandas alemãs que  caracterizam o tom diferencial da festa que embora sendo da iniciativa dos clubes de serviço já se tornou patrimônio de nossa cidade.Cabe ainda registrar o otimismo do Prefeito Johnny Lehmann incansável em transmitir o seu poder da vontade para que tudo dê muito certo. Vamos torcer? São Pedro precisa receber um e-mail coletivo para não deixar chover.Vamos  conectar?

Artesãos vão à festa mostrar seus produtos:

Associação dos Artesãos de ROLANDIA está a todo vapor preparando seus produtos para a Oktoberfest.Certamente vai se uma feliz descoberta para as pessoas que desconhecem o potencial criativo do artesanato local.

Rolândia sedia Projeto FERA COM CIÊNCIA

Dias destes a Secretaria de Cultura recebeu profissionais de educação e comunicação do Núcleo Regional de Educação. O Objetivo da visita  foi a vinda do Projeto FERA COM CIÊNCIA A foto registra a professora Eléuzi Pinheiro trocando informações com a Secretaria de Cultura. O citado evento atrairá para nossa cidade 1600 crianças da região que em Rolândia participarão de atividades sócio- educativas. No evento estarão envolvidos 257 professores. O evento deve registrar momentos de alto nível cultural enriquecendo a aprendizagem dos educandos. Estiveram ainda na secretaria os profissionais; Alexander Korgut, Elaine Cristina Galvão, Marcio Cunha.A duração do evento está prevista para o período de 3 a 7 de novembro com direito a desfile pelas ruas da cidade além de oficinas de trabalho educativa e apresentações cientificas artísticas e filosóficas. Cabe ainda frisar que o evento da área educacional é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Educação ,realizado pelo núcleo de educação, sob o comando da dinâmica Márcia Maria Lopes de Souza ,claro, em parceria com a Secretaria de Educação do Município de Rolândia, leia- se Marco Antonio dos Santos. Outros apoios também do município de Rolândia se fazem presentes no evento de grande relevância social  na construção da sociedade que todos queremos com a participação de todos/as.

Festival de Canto- Coral.

Dia 24 de outubro ,às 19:30 horas, acontece no Teatro Nanuk o Primeiro Festival de Canto- Coral de Rolândia. O evento é uma iniciativa da Igreja Luterana e Secretaria de Cultura e Turismo.Muitos grupos de Coral já confirmaram suas presenças.O evento tem o apoio do Café Itamaraty e é gratuito. Imperdível.

Maria Luiza Muller

Secretaria de Cultura e Turismo

aomuller@uol.com.br


Governador entrega 50 ônibus a municípios do Norte

do Paraná em Rolândia

DSC_9565O governador Roberto Requião entregou 50 ônibus escolares, nesta quinta-feira (8), em Rolândia, Norte Pioneiro, que fazem parte da frota de 1.100 ônibus que serão distribuídos por meio do Programa Estadual do Transporte Escolar e vão beneficiar alunos das escolas municipais e estaduais de 20 cidades que compõem a Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (Amepar).

Segundo o governador, agora faltam apenas 227 veículos para serem entregues. O processo depende apenas do fornecimento dos ônibus maiores (31 lugares) por parte da montadora Mascarello e, também, de 100 prefeituras que ainda não terminaram os trâmites DSC_9547administrativos necessários. A entrega da documentação aos 378 municípios paranaenses, com menos de 100 mil habitantes, que receberão os veículos, foi concluída em setembro.

“Investimos R$ 133 milhões na compra dos 1.100 veículos, que vão garantir segurança no transporte dos estudantes da rede pública de ensino. São ônibus projetados especialmente com este objetivo, por isso tem rodas mais altas, cinto de segurança individual e local apropriado para guardar material escolar”, lembrou o governador.

“Oferecemos, ainda, qualificação profissional aos motoristas destes veículos. Profissionais, que treinados pela Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Promoção Social, estão capacitados para lidar com o público infanto-juvenil, têm noções de primeiros socorros e mecânica automotiva”, completou.

O Governo do Estado também definiu os itinerários dos ônibus, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, que licitou o seguro total e providenciou o registro dos veículos no Detran.

Para o prefeito de Rolândia, João Ernesto Johny Lehmann, os dois carros destinados ao município vão permitir que os alunos tenham mais tranquilidade no trajeto entre casa e escola, o que deve influenciar no aprendizado. “Acabou esta história de ir para a escola andando longos percursos, ou de carona em caminhões e camionetes”, disse.

“Vale lembrar que, recentemente, implantamos nas escolas da nossa cidade o ensino obrigatório de inglês e informática. Tenho certeza que, com segurança, nossos estudantes vão aprender mais e melhor”, ressaltou ele.

O deputado federal Rodrigo Rocha Loures explicou que, somente em Rolândia, serão beneficiados alunos de 5 escolas estaduais e 12 escolas municipais. “Em toda Região serão milhares de pessoas atendidas”, garantiu.

INTEGRAÇÃO: De acordo com a secretária especial para assuntos da Macrorregião de Londrina, Elza Corrêa, os novos veículos vão transformar a realidade das escolas públicas nas 22 cidades da Amepar. “Estes ônibus garantem cidadania e melhores condições de ensino. Eles são parte de um grande projeto de educação que começou em 2003, com a ampliação do orçamento de 25% para 35%”, destacou.

O aumento de 5% na verba destinada à educação, segundo o deputado estadual Alexandre Curi, equivale cerca de R$ 1 milhão a mais para investimentos em infraestrutura das escolas, compra de equipamentos e qualificação profissional dos professores.

Para os deputados estaduais Luiz Eduardo Cheida e Waldir Pugliese, uma das importantes medidas adotadas em favor da educação do Paraná foi a retomada de investimentos em todas as cidades do Estado, independente de disputas partidárias.

“Ações como o Programa Estadual de Transporte Escolar mostram que o Governo não prioriza municípios de acordo com partido ou diferenças políticas”, disse Cheida.

“O governador Roberto Requião dá um exemplo de que é preciso pensar, primeiro, nos interesses do povo. Defender a inclusão e o desenvolvimento de todas as Regiões do Estado”, completou Pugliese.

Também participaram do evento a fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança, Zilda Arns Neumann; o secretário-geral do PMDB no Paraná, João Arruda; o vice-presidente da Amepar e prefeito de Ibiporã, José Maria Ferreira; a vice-prefeita de Rolândia, Sabine Giesen, e autoridades da Região.

CIDADES: Receberam os veículos os municípios de Alvorada do Sul, Bela Vista do Paraíso, Cafeara, Cambé, Centenário do Sul, Florestópolis (recebe nos próximos dias), Guaraci, Ibiporã, Jaguapitã, Jataizinho, Lupionópolis, Miraselva, Pitangueiras, Porecatu, Prado Ferreira, Primeiro de Maio, Rolândia, Sabáudia, Sertanópolis e Tamarana.

DSC_9623

FONTE: AEN